segunda-feira, 26 de abril de 2010

A BIOLOGIA DA CO-CRIAÇÃO



Mensagem de kryon através de Lee Carroll
Philadelphia, Pennsylvania, E.U.A. 10 de abril de 2010

Saudações, meus amados, eu sou Kryon, do Serviço Magnético.

Vós vedes uma mescla. Isso requer que o Ser Humano esteja aberto, mas ainda há um filtro porque o Ser Humano sempre terá a sua cultura e a sua língua, assim como o seu viés, mesmo quando ele leciona.
Essa é a razão pela qual o Espírito compartilha a informação através de culturas, de outros seres humanos, de outros indivíduos. Vós vereis que Kryon é apresentado por muitos outros em suas línguas e que, enquanto o tempo passa, isso é apropriado. Então, quando vós verdes aqueles que se intitulam canais de Kryon em outras línguas, sabei que muitos são apropriados. Nós vos dizemos isso para que vós saibais que um sistema quântico nada tem a ver com separatismo.
Haveria aqueles que prefeririam por um muro ao redor disso e chamá-lo-iam algo deles próprios. Se vós virdes isso, sabereis que não é Kryon. Deixai isso ser o teste. Observai a quanticidade disso e reconhecei os vieses que ensinamos hoje, do que o Ser Humano quer fazer com a espiritualidade. Nós invocamos a comitiva, a que tem estado aqui desde a manhã de hoje, para se ativar de um modo ainda mais poderoso.
Nós falamos em Inglês porque esta é a única língua do meu sócio e nessa linearidade vós escutais um palavra atrás da outra; ainda assim há muito mais que eu gostaria de dizer. A terceira língua é colocada especificamente neste lugar e neste tempo. É a língua do 3.
Não é a terceira língua na linearidade (1,2,3); ela tem a energia do 3 sobre ela. É uma energia catalítica. Um catalisador, nesta definição, espiritualmente, é uma energia que contem em si mesma o poder de modificar outra energia e permanecer a mesma ela mesma.
Então ela é uma língua pura e profunda, que todos vós podeis entender. Está presente agora. Ela começa por vos visitar um de cada vez, frequentemente de modos físicos. Algumas vezes ela pressiona sobre vós, move-se de certo modo, é quente ou fria. Isso é o melhor que nós podemos fazer para vos mostrar a prova do que o acontece convosco neste momento é real; não se trata de um homem a fingir canalizar; apesar disso há uma consciência aqui partirá com essa ideia. Eu gostaria de dizer algo sobre isso, que quando este indivíduo partir haverá exatamente tantos anjos ao seu redor do que ao redor do melhor curador na sala. Não há nenhum julgamento, de
nenhum de vós. Aceitação ou rejeição desta energia ou desta mensagem não vos desqualifica para a iluminação ou a não iluminação. É o vosso livre-arbítrio. Vós sois todos igualmente e incondicionalmente amados.
Eu desejo falar sobre a Mudança, de modos que eu nunca falei antes, de coisas práticas que o Espírito conhece. Primeiramente eu desejo falar sobre as vossas vidas. Eu estou ciente de quem está diante de mim; não apenas individualmente, mas da energia do grupo diante de mim. Tal como o meu sócio disse, a energia deste grupo é composta de almas velhas. Não há ninguém nesta sala que está no planeta pela primeira vez. Nem um só! Alguns de vós nascestes nesta vez em outras culturas e o inglês não é a vossa primeira língua ; ainda sim vós estais aqui na sala com os outros. O que aconteceu convosco? Nós vamos falar disso, agora mesmo, pois cada ser humano nasce numa experiência social. Vós não podeis escapar a isso. Estamos a falar de família. Vós sois demasiadamente pequenos para tomar alguma decisão sobre quem são os vossos pais e as vossas mães; ainda sim, na grande pintura, tudo é diferente, almas velhas, porque neste tempo há o potencial do despertar. Este potencial é conhecido; não é predestinado; ele é predisposto, ou seja, ele é somente um potencial baseado na energia dos vossos registros etéricos.
Vós de outras culturas que vos achais aqui, aqui estais porque essa jornada, em particular, é necessária para que vós senteis nas cadeiras. Aqui vai. Tudo o que tem acontecido convosco, independentemente do que vós pensais ser certo ou errado ou dificuldade, tem acontecido para o vosso crescimento, amados seres humanos, todas as coisas que vós tendes experimentado. Vós podeis dizer que ‘isto não é correto, Kryon! Nós jamais teríamos escolhido
isso ou isto. São obstáculos ao longo do caminho para nós.’ Eu diria a vós que eles não são; eles são bolhas espirituais de oportunidade para vós, para vos impelir a algo que de outro modo vós jamais faríeis. Aqui vós sentis, almas velhas. Vós destes permissão para isto. Vós chegastes com a família e vós tendes que lidar com isso.
No caso deste despertar chamado a Mudança, nós estamos cientes de que famílias não mudam conjuntamente. Isso significa que alguns de vós tendes tido decisões difíceis a tomar. Mesmo enquanto vós sentais aqui hoje, apesar do vosso amor pelas vossas famílias, vós tendes tido que vos distanciar delas.
Agora vós olhais para algo que nós predizemos e falamos
Eu quero vos contar isso. Esta é a Mudança. A energia na qual vós vos encontrais neste momento é apropriada. Não é fácil. Nós temos falado de DNA. Nós vamos falar disso outra vez. No DNA vós carregais um velho paradigma chamado carma. Vós nascestes com isso, todos vós.
Este é o tempo de vida no qual vós mudais isso. Este é o tempo de vida no qual vós saís do carma e entrais numa área de auto-aperfeiçoamento na qual carma não tem nenhuma energia nas vossas vidas. Estas questões sobre carma tem sido perguntadas muitas vezes.
Eu quero responder à algumas delas. ‘sim, Kryon, mas sobre a próxima vez? Eu terei que fazer isso tudo novamente porque tu dizes que os humanos nascem com carma.’ Agora vós começais a entender uma permanência, algo sobre o qual vós deveis estar cientes e nós nunca discutimos antes. Tem que haver com DNA.
Quando vós partirdes deste planeta e voltardes ao meu lado do véu, vós assimilareis o pedaço de Deus que vós sereis e todas as partes se juntam. Então vós repetireis o processo de cisão. Vós voltais à terra. Vós mal podeis esperar para voltar e o que vós fazeis é pegar mais uma vez o vosso antigo registro etérico. Apesar de que a biologia possa ser diferente, possa ser fresca, possa ser talvez uma raça diferente, até mesmo uma cultura diferente, um sexo diferente,
não importa o que isso seja, o antigo sagrado akash permanece o mesmo. Então vem. Ele é um registro do que vós tendes feito, das decisões que vós tendes feito. Eu quero vos dizer isso: “deixar o carma cair” está registrado e vós não o trazeis de volta. Isso é algo tão profundo que eu quero vos dizer que no grupo astuto que eu tenho em frente a mim – apesar de que a Mudança é nova – há 7 de vós que viestes livres de carma. Vós sabeis que vós sois porque não houve nenhuma dificuldade com a família. Vós viestes para uma família livre de carma. Isso aconteceu por desígnio. Não houve nenhum assunto. Elas (as famílias) podem não ser sagradas nem iluminadas segundo os vossos parâmetros, mas elas vos abençoaram quando vós tomastes a decisão que tomastes.
Vós podeis dizer, ‘como é possível que eu poderia ter tido isto antes da Mudança?’Eu direi isto, ‘porque almas velhas trabalharam nisso por um longuíssimo tempo.’ É a mesma razão pela qual há crianças índigo com 60 anos de idade, porque essas coisas não aparecem no planeta num modo explícito; eles se infiltram lentamente. Este é o jeito de ser disso. Este é o jeito pelo qual
nós sempre trabalhamos.
Eu quero vos contar sobre algumas das almas velhas que sentam nas cadeiras aqui, daqueles cuja intuição é especialmente aguçada, aqueles que podem ver as cores ao meu redor e ao redor do meu, e que têm feito isso há um longo tempo. Vós sabeis disso, não sabeis? Vós sabeis a quem eu estou a falar, não sabeis? Vós sentis, não sentis? Muitos de vós tiveram que fazer esta Mudança e
deixar a família atrás, ou seja, vós quebrastes os vossos carmas.
Quando vós o quebrais, ele é registrado como tal. Isso significa que a próxima encarnação será mais fácil. Vós sabíeis disso, não sabíeis?
Já é hora de exorcizar aquela vossa parte tridimensional que diz ‘eu não quero voltar, porque isso é difícil demais!’ Eu quero vos contar, meus queridos, que não será difícil. Qual é a pior coisa que vós podeis imaginar poder acontecer em vossas vidas? Tornemo-nos práticos, porque agora eu estou a falar a alguém aqui que deixou isso acontecer. Não sabes tu que nós sabemos quem tu eras e quem tu és? E também os potenciais que tu podes ter escolhido? Tudo isso para te levar a um lugar onde tu jamais precisará experimentar aquilo novamente, neste tempo nem no próximo. Há um potencial, antes de vós chegardes aqui, do que vós fareis. Nada é escrito em pedra, porque vós podeis modificar isso em qualquer tempo, Segundo os vossos desejos. Aqueles trabalhadores da luz que voltarão num modo pós-mudança serão muito poderosos. Eu quero entrar nisso agora.
Naquele momento que algum dia chegará, quando vós partirdes deste planeta, o que ocorrerá convosco é isto: ‘eu amo este lugar. Eu voltarei.’ Vós voltareis com outros que amam este lugar. Vós sereis capazes de cumprir muito mais sem os problemas que vos encaram neste tempo. Isso é uma boa notícia. Isso está no DNA, carregado na parte quântica. Vós viveis as vossas vidas. Vós escolheis coisas a fazer que então envolvem outros seres humanos. Nem todos vós acordastes
recentemente; alguns de vós despertastes há um longo tempo atrás.
Falemos daqueles que estão a trabalhar nisso agora. Almas velhas, quando vós estiverdes naquele lugar onde vós vos sentis confortáveis com a vossa sabedoria e vós não mais precisardes decifrar as coisas ao vosso redor, vós series iguais às almas mais velhas na sala porque numa experiência quântica, onde não há uma linha de tempo de aprendizado, vós vos recordareis quem vós sois e usareis a manta de tudo o que é sagrado dentro de vossos DNAs, tudo de uma só vez. Isso quer dizer que há aqueles nesta sala que são novos nisso. Eles podem se tornar muito sábios.
Haverá uma tendência de outros que ao vos observar dirão ‘como é possível que vós sabeis o que vós sabeis? Vós não estais despertos por tanto tempo como eu tenho estado!’ Isso é 3-d, não é? Esse é o viés que vós tendes, não é? Nada funciona desse jeito num estado quântico. Há aqueles na sala que podem tomar energia xamânica dentro de uma década e assim se tornarem aqueles que vós jamais pensastes que eles se tornariam. A personalidade deles será totalmente modificada e estarão ao mesmo tempo com os pés no chão a ajudar a humanidade de modos que agora vós não podeis conceber. Alguns de vós sentis isso. Há aqueles que dizem ‘eu sou velho demais.’ Isso também mudará.
Já falei disso tantas vezes, do modo de contar DNA para alterar o relógio corporal a fim de que ele não conte muitos dias. Há um processo que eu quero explicar a vós de modo claro a fim de que vós podeis entender como isto funciona. Estou a me referir ao que vós chamais “iluminação”, aquilo que vós chamais “mudança celular”, aquilo que vós chamais “cura”. Há um processo, mas nós nunca o discutimos; pelo menos até agora.
Revelemos Eu falei de Elias e como Eliseu o observou se transformar em – tanto quanto Eliseu pôde ver – sua própria divindade. Ele ascendeu. Nós já falamos disso tantas vezes, que ele foi um ser humano a por de volta os seus pedaços e partes. Eles se separaram durante o seu nascimento. Tudo o que Eliseu viu foi luz. Ele a nomeou com a palavra hebréia “merkhaba”. Trata-se de “um veículo no qual vós dirigis”. Esta foi a energia da ascensão. Agora nos vos
dizemos que este foi simplesmente o campo de DNA totalmente ativado, porque quando vós ativardes totalmente o DNA, vós fazeis com que ele opera de 30% do akash, de sacralidade, que vós o levais a 100%. Isso foi o que Elias fez.
Quando os mestres andaram sobre a terra a porcentagem de seus DNAs que estava ativada de maneira sagrada estava em 80%. Se ela chega a 100% vós não mais estais aqui. A pastes se rejuntam. É difícil para nós vos dar estas coisas porque elas soam pretensiosa, ou seja, elas
soam super simples. Não se trata de porcentagens nem de ativação; trata-se de mudança vibratória, mas nós só podemos vos dar estas coisas através das metáforas que o meu sócio tem recebido enquanto ele fala.
O vosso DNA é diferente de pessoa a pessoa. Há um campo ao seu redor que tem 8 metros de largura e o campo e a vossa consciência. Essa é a singularidade de mais do que 300 trilhões de DNA. Há um campo ao redor de cada um de vós. É um campo de DNA. É um campo de
consciência; não é o vosso cérebro. A consciência não é biologia; é a porção quântica do DNA. Há uma parte mediana, um cruzamento, que é parcialmente química e parcialmente quântica, que é a parte não codificada do vosso genoma. O 90% que não é compreendido pela ciência é a parte quântica. Eu vos digo isso novamente, como uma revisão, por causa do destino que segue ao caminho desta mensagem e do que eu vou vos contar, que é algo que vós precisais saber, porque
é prático.
Esta Mudança está a criar oportunidades de modificação genética. As oportunidades veem com intento consciente, quando a consciência do ser humano tem uma epifania, ou seja, um entendimento, uma compreensão, uma verdade que agora é manifestada, um ah. Há tanto
atributos sobre isso. O primeiro é que frequentemente causa choro em vós. Eu vos digo agora porquê é assim, mesmo nas palavras do meu sócio, porque vós vos lembrais quem vós sois.
Essa é a uma experiência maravilhosa. É a epifania do relembrar a Deus dentro de si. Vós recordais o vosso poder e como vós podeis curar a vós mesmos. Vós recordais como vós podeis ter júbilo e como vós podeis mudar as vossas estruturas celulares. Vós recordais a maestria e vós chorais cheios de entendimento.
Agora, o cérebro humano, a consciência humana, o dna humano, não tem uma tecla de deletar. Vós não podeis esquecer. Eu quero que vós me escuteis dizer isso novamente: não há modo nenhum pelo qual vós podeis deletar isso das vossas experiências humanas. Vós não estais
a lidar com um computador. Há uma razão para isso, porque aquela epifania em particular simplesmente modifica todo o registro akáshico. Ela muda a estrutura celular. 300 trilhões de pedaços de dna mudam nas vossas consciências.
Num estado quântico, como na malha cristalina da terra, como na Caverna da Criação, os vossos dna`s, num estado akáshico, contem vibrações e informações de tudo o que vós fazeis. Ele recorda. E aí estais vós. A saber mais do que vós sabíeis há um minuto atrás.
Deixai-me vos dizer que o próximo passo é. Isto é importante.
Primeiramente, a consciência simplesmente muda a física, porque a química muda. Ela se rearranja a si mesma. Vós não vereis isto debaixo de um microscópio, não mais do que vós podeis ver a quanticidade das 3 bilhões de partes químicas que perfazem o dna humano. Está a se esconder, porque é interdimensional; não é uma coisa tridimensional e visível relacionada a um fóton.
Deixai-me vos dize algo. Chegará o dia quando haverá um instrumento que poderá ver energias interdimensionais. Quando isso acontecer, eu vos convidarei a colocá-la primeiramente sobre o dna e a pedir a vós que deis um passo para trás. Isso será a revelação do genoma humano.
O padrão está lá. Oh, está lá. É diferente para cada ser humano, mas está lá.
Quando vós tomardes a decisão, pela vossa própria espiritualidade, o padrão muda. Por que eu vos digo essas coisas?
Número 1, para que vós sabeis que há um atributo físico em vossas decisões, e esta é a razão porque vós não as podeis desfazer. Oh, vós podeis negá-las. Vós podeis fingir que elas não aconteceram. Vós podeis vos desequilibrar se assim vós desejásseis. Vós então morreríeis mais cedo. Vós não podeis desfazê-las. A verdade é a verdade, e ela permanece convosco. Até mesmo o que foi dito hoje soa verdadeiro em vós. É parte desta verdade. O que acontecerá a seguir
será algo que nunca discutimos convosco. Agora vamos entrar no prático: a divisão celular tridimensional. Isto explicará o “minar o akash”.
Começa com intenção. ‘Querido Espírito, mostre-me o que eu preciso, que está no meu registro akashico, que pode ser posto adiante. É uma cura? É uma mudança de consciência? Um talento que eu necessito? É um bloqueio do qual eu preciso me livrar?’ Nós explicamos isto antes. Não vades nem tenteis falar aos vossos dnas e pegar o que vós pensais que eles têm. Vós não tendes a menor idéia do que o dna tem, tendes? Não realmente! Mas ele tem. A consciência do dna de cada um de vós, das vossas consciências, do merkaba, sabe que o que vós fazeis é falar ao vossos próprios akash celulares, ‘queridas células. Dai-me o que eu necessito agora do akash.’ Se há uma doença em vossos corpos, nas vossas células, ela está lá em 3-D e vós podeis vê-la através de um microscópio. Vós pedis aos vossos corpos para eles criarem células que eles não têm, baseadas em tempos de vida que vós tivestes antes e nas quais vós merecestes o que agora vós não tendes mais. Vós pedis aos vossos corpos para regenerarem a si mesmos lentamente, célula após célula, sem a doença.
Se vós tendes um bloqueio, então vós pedis aos vossos corpos para gerarem uma consciência sem o bloqueio. E se houver algo que vós não podeis esquecer? E se houver algo que cria em vós sonhos ruins? E se houver alguém que vós não podeis perdoar? Pensais vós que eu não sei
quem está aqui? Nós decidimos falar a vós por um momento, porque nós vos amamos. E nós amamos falar a vós. Percebeis isso? Nós não estamos a vos escolher como alvos enquanto nós mostramos como vós sois. Vós sabeis! Gostaríeis de ter uma situação na qual vós pensais
acerca de uma pessoa e nunca mais sentir ódio novamente? Nunca mais sentir traição novamente e somente ver decência no amor de Deus? De ser pacífico no amor de Deus? De parar os pesadelos?
Bem, eu vos digo que antes de vós sairdes desta sala nós faremos isso juntos. Agora!

Se vós tivésseis a coragem de dizer ‘queridas células, isto é o que eu quero! Eu não sei como isto acontecerá. Realizai isto no modo no qual vós sabeis e eu confiarei naquilo dentro de mim que é sagrado e na alma velha para fazer isso acontecer. Eu exigirei isso a cada dia e a cada dia eu me sentirei um pouco melhor acerca disso.’ Agora eu vos direi como isso funciona.
Há muito mais nos vossos corpos do que química 3-D. Uma das maiores profundezas que vós tendes é rejuvenescimento. Isso é um novo estudo em si mesmo. Por que o corpo se regenera tão pobremente? Ele só vós dá alguns anos, não é verdade? Então chega o fim. Sabeis vós que
tudo isso é mutável? Quando vós olhardes a História antiga e vós aprenderdes sobre aqueles que viveram 900 anos pensais vós que isso é algum tipo de erro? Eu vos digo que não se trata de um engano.
Isso é uma estrutura celular que possui uma eficiência bem maior no dividir estruturas do que a vossa estrutura celular contemporânea.
O meu parceiro disse, ‘poderia ser que nós tenhamos perdido algo ao longo do caminho?’ Certamente. Afirmativamente. Poderia consciência mudar a química o ponto de se poder viver por um tempo maior, envelhecer mais devagar e ser saudável? Sim. Quereis vós fazer isso
agora? Deixai-me vos dizer como isso funciona. Cada célula do corpo humano, especificamente de cada órgão, de cada codificação química, divide-se. É assim que vós vos rejuvenesceis. Cada órgão do corpo rejuvenesce. A pele rejuvenesce. Vós permaneceis vivos por um tempo bem maior. É desenhado para isso. Há algo que acontece durante o ponto de rejuvenescimento, quando a célula se divide. Deixada só, isso quer dizer sem intento de consciência, um processo ocorre de qualquer modo. Há comunicação por todo o corpo humano, durante todo o tempo, durante a divisão celular. Se vós pudésseis desacelerar esta comunicação e lhe dar uma personalidade ou palavras, vós teríeis uma célula a ponto de se dividir, preparando a maravilha de se rejuvenescer com os telômeros, com o dna. Todas estas moléculas estão prontas para agir. Durante esse ponto no tempo há uma inquérito, um inquérito celular e akáshico, e ele dura uam fraçào de segundo. Uma célula diz àquela energia que está a vir, que será a sua célula gêmea dividida, ‘a mesma, ou não? A mesma, ou não? Em 99,99% dos casos, ela é a mesma. Sem intento de consciência para mudar, corpo faz o que ele, por si mesmo, faz: vive, por ele mesmo,
o máximo de tempo que pode e fará o que qualquer biologia faz por ela mesmo; no entanto, se vós misturásseis o intento da consciência humana o que vós faríeis viria diretamente ao processo de decisão e ao inquérito. É mais alerta. Vós podeis pensar que eu estou a falar em círculos, então eu vou tornar isto mais prático. Parceiro meu, entenda isto corretamente. Vamos ir mais devagar [falando a Lee Carroll]. O ser humano usa consciência apara dizer, ‘eu preciso de ajuda.’ Dentro do akash há uma alma velha, uma codificação biológica antiga, e está lá, em cada pedaço de dna. Não importa qual seja a codificação da célula-tronco; está lá, em cada pedaço de dna, em cada tempo de vida. Vós acabastes de dar intento para vos mudar, para deixar os bloqueios caírem, para fazer as curas melhores, para mudar a consciência, talvez para pegar um talento.
Agora vem o inquérito. É mais complexo. Número 1. Ele diz ‘ mudar, ou não mudar?’ Ele recebe o sinal ‘mude. Não vai ser a mesma’ Então a próxima pergunta é ’o que nós precisamos para que esta divisão se torne incrementamente diferente para pegar as coisas que o humano deu consciência para mudar?’ E naquele momento a célula se divide de um modo que nunca se dividiu antes. Ela começa a criar o que vós pedistes porque o dna sabe que há uma inteligência dentro do merkaba, dentro do campo ao redor de cada um de vós, que é o campo de dna que sabe tudo sobre quem vós éreis. Ele analisa a intenção e então começa a decidir, num processo bastante lento que pode durar meses ou anos, cada célula e cada órgão enquanto eles se dividem. Quanto tempo um ser humano leva para se ter uma nova estrutura celular em divisão? Varia, a depender do órgão, mas, depois de algum tempo, cada perguntar singular, milhões e milhões de vezes,’a mesma, ou não? Mudar, ou não?’ Agora vós sabeis como isso funciona. Vós não mudais instantaneamente neste parâmetro.
Vós mudais incrementalmente. As mudanças que vós pedistes não ocorrem durante madrugada. Enquanto as vossas células se dividem e pegam aquilo quevós pedistes para “escavar o akash”, a consciência de cada um de vós continua a dizer ‘dê-me o que seja necessário para mim!’ As células continuam. Será um mantra. Não é que o corpo não escuta, mas talvez seja diferente no próximo dia em que vós pedirdes.
Há aqueles nesta sala que fizeram isto: curar a si mesmos. Perguntai a eles. Alguns de vós tendes pedido coisas por um longo tempo. Eu vos digo que elas acontecem lentamente. Acalmai-vos. Vós vereis isso porque virá um dia no qual vós começareis a vos sentir diferentemente. Portanto vós direi a vós mesmos, ‘está a funcionar!
Está a funcionar!’ Não é nada diferente do que vós estais acostumados a decidir que vós mudareis a vós mesmos, quanto peso vós perdereis. Acontece bem vagarosamente, bem incrementemente. Então quando vós começardes a ver isso, o que vós fareis? Vós vos excitareis. Por que esperar? Tornemo-nos quânticos por um momento, todos nós. Pensai o que vós quiserdes realizar num modo celular. Não tem que ser espetacular. Cada ser humano aqui. Talvez vós quereis sentir mais o amor de Deus em vossas vidas. Talvez vós quereis
“garimpar o akash” e pegar o ser humano mais sábio. Talvez seja termais energia. Isso quer dizer que vós tereis que ir pegar o atleta.
Ele está lá. Tudo isso está lá, alma velha. Há muitas vidas. Há muitos atributos. Agora vós começais a entender porquê estão lá e porquê há tanta variedade em vossos armazéns, que são bem grandes, o baú do tesouro da vida das vossas experiências no planeta em ambos os sexos. É tão magnífico, almas velhas. Agora vós sabeis o porquê e incrementalmente vós começareis a mudar. Vamos até lá, onde quer que isso seja.
Vós visualizais o que vós escolheis vos tornar. Esse é o vosso conjunto de instruções. Vós não apontais as vossas metas numa camada de dna nem a coisa alguma nem a lugar algum. Vós olhais o resultado.Essa é a visualização. Vós dizeis aos vossos corpos ‘eu sou um pedaço de Deus e eu estou a aprender a me tornar quântico.
Neste espaço interdimensional, eu exijo o que eu posso fazer. Agora mudai-o!’ Não é uma solicitação; é uma codificação “do chefe” das células às células. Mudai as vossas instruções aos vossos próprios corpos. Vós mudais o inquérito de divisão celular. Este inquérito, por acaso, pode ser visto pela ciência. Eu não vou vos dizer como, mas, quando for visto, vós sabereis: novas descobertas sobre como as células se dividem e que acontece exatamente antes delas se dividirem, algo que os cientistas omitem, que ainda não foi visto.
Quando isso vier à tona, pensai neste dia, quando eu expliquei isso a vós. Esta é a decisão, ‘a mesma? Ou diferente? A mesma? Ou diferente?’
Eu vos trago estas coisas em amor. Elas são exatamente obscuras o suficiente para não serem provadas. Elas não precisam ser, precisam?
Porque vós sabeis disso o tempo todo naquela parte dos vossos intelectos – sim, do intelecto de cada um de vós, naquela parte que mede a verdade, o que é real – e nos vossos corpos
emocionais.
E isso é o suficiente por agora. O que vós fareis com tudo isto? O que vós pedistes aos vossos corpos para fazer hoje? Agora eu quero relembrar algo. Vós não podeis desfazê-lo. Começastes vós a fazer algo? Há intento puro? Já o fizestes completamente? O convite está aberto com livre-arbítrio, livre escolha, para que vós mudeis as vossas próprias estruturas celulares. Isto é para aqueles que chegaram aqui com problemas. Eles querem soluções? Eu acabei de dá-la a vós. Lá está ela. As vossas próprias estruturas celulares mudarão. Vós observareis isso. Quando isso acontecer, quero que vós conteis às pessoas sobre isso, mas não de modo evangelista; dizei, ‘eu acabei de descobrir algo que funciona.’ Eles perguntarão, ‘como tú conseguiste vencer isto? Por que tú estás diferente? Por que tu estás cheio de gozo? Por que tú rís tanto agora? O que tú tens que eu não tenho?’ Então vós falareis. É bonito. Isso fala do amor de Deus em vós. Fala do que a Mudança realmente é: humanos a descobrir a maestria. Lentamente, em gerações, vós criareis um planeta pacífico. Esse é o potencial que nós temos visto por 20 anos, sem importar o quão lento isto é nem o que vós pensais sobre o que vós vedes ao redor de vós em 3-d. Há muito mais a acontecer, que vós não tendes idéia alguma, e é bom.
Eu sou Kryon, do Serviço Magnético, e eu estarei aqui, neste lugar, durante toda a noite, na manhã, e quando vós retornardes eu irei caminhar à porta convosco, ou quando vós ides para casa, ou quando vós tiverdes uma refeição. Eu também partirei com o meu parceiro.
Vós não podeis me colocar num lugar porque eu pertenço a vós enquanto um pedaço de Deus que eu sou dentro do dna de cada um de vós. A qualquer tempo que tempo que vós quiserdes sentir isto, tudo o que vós tendes que fazer é pedir isto. Não vos surpreendeis que o amor de Deus voa para dentro de vós de um modo que vos faz sorrir.
Isso é o que mestres fazem. Isso é o que mestres fazem.
E assim é.
Kryon.


Transcrição e tradução não oficial da mensagem ao vivo por:
Fonte em Inglês do áudio:

http://www.kryon.com/cartprodimages/download_Philadelphia_10.html

Marcus Vinícius Pinheiro de Castro - marcus.brazilianlawy18@gmail.com


ORAÇÃO DA CO CRIAÇÃO
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário